manutenção preventiva

Do lado contrário da manutenção corretiva ( ou pontual de urgência), a manutenção preventiva – m.p. – procura otimizar o funcionamento e prevenir a ocorrência de falhas ou anomalias.


Esta forma de manutenção procura inclusive a obtenção de um funcionamento contínuo e com a máxima eficiência garantindo a fiabilidade e segurança – em algumas áreas como por exemplo, aeronáutica, telecomunicações e prestação de cuidados.

Porque é Importante

Ao ser uma intervenção previamente agendada ou programada, a m.p. dinamiza o funcionamento da sua infraestrutura ou processo de produção assim como da obtenção dos elementos necessários e o seu custo.Com um plano de m.p. estruturado e em sintonia com os processos de produção de cada infraestrutura, articula-se não só a compra e stock de elementos tal como a alocação de equipas e recursos.

Os Benefícios

Em primeiro lugar, os custos com a m.p. é sempre inferior a qualquer outro tipo de manutenção. Não só se deve ao fato de ser programado, como os tempos de intervenção são menores, como ainda os elementos necessários podem ser adquiridos com calma e recorrendo ao melhor preço de mercado.

De fato é fácil perceber: programar uma intervenção com elementos pré adquiridos, ou uma intervenção de urgência para procurar a causa, adquirir o necessário e aplicar a solução?
Além de ser uma prática mais em conta, a m.p. previne as perdas e prejuízos, tal como aumenta a disponibilidade dos equipamentos. Paragens imprevistas afectam a produção ou o funcionamento de qualquer empresa, resultando em custos avultados e diminuição das margens de lucro, antagonismo de um cenário ideal para qualquer empresa.

Assegurar a Fiabilidade

A m.p. é a (melhor) “forma” de garantir o correto funcionamento e assegurar a sua continuidade ao longo do tempo . As intervenções são programadas, em períodos previamente definidos e sem impacto no normal funcionamento das instalações ou operações.Assim a m.p. diminui de forma significativa a probabilidade de falhas e ocorrências, pois todos os componentes críticos são alvo de inspecção e intervenção – ou substituição caso faça parte do plano de forma a evitar falhas futuras. A m.p não impede que as falhas aconteçam.

De fato, “azares” acontecem e são necessárias intervenções não programadas. Mas a probabilidade de ocorrências diminui de forma significativa para valores mínimos.

De modo geral, podemos dizer que a manutenção preventiva garante a fiabilidade da sua infraestrutura, ao gerar poupanças e aumentar a disponibilidade, aumentamos a eficiência, e isso sim é o fato decisivo de uma economia de sucesso.Sabe se está a otimizar as m.p. da sua infraestrutura com um plano adequado?

Contate os nossos serviços para mais info.

escrito e revisto por j.soares 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *